segunda-feira, 18 de outubro de 2010

O MICO da viagem

Marido queria me dar um presente. Disse que, durante a viagem, eu ganharia uma hora de massagem num "termas" que existe numa cidade perto de onde ficamos.

Na verdade, ele, como bom alemão, queria ir para a sauna enquanto eu ficaria me distraindo numa piscina térmica e ganhando uma massagem. Porque ele sabe que eu não vou numa sauna tão cedo, então, tinha que me convencer de alguma forma.

Pronto, convenceu.

Fomos, então, na segunda-feira, para este lugar que ele chamou de termas e que tinha sauna, piscina, massagem e o baralho todo.

Só que ele não contava que, no momento em que estacionamos o carro, eu me deparasse com a cena que me deparei.

A área do estacionamento era mais alta e olhando para dentro dessa "termas" dava pra ver por cima do muro.

E o que eu vejo:

UM MONTE DE HOMEM PELADO SAINDO POR UMA PORTA e indo em direção ao que penso ser a sauna.

PELADOS. TODOS. UM MONTE DE HOMEM.

Para um alemão isso é completamente normal. Pergutem aos seus. Nos países nórdicos é a mesma coisa, né?

Pois é.

No Brasil, mesmo com aqueles biquinis minúsculos que o povo usa na praia, não estamos acostumados com nudez plena. Mesmo que para um alemão, a nudez seja algo natural, não erótico. Não, gente! Alemães não são tarados, pervertidos e depravados. A relação que eles têm com o corpo é diferente da que nós brasileiros temos. Alguém com mais tempo de Alemanha pode comentar, por favor?

O negócio é que eu ainda não me acostumei e nem sei se vou me acostumar. E a minha reação foi tão espontânea e chocante que marido nem insistiu.

- Ai meu Deus do céu! EU NÃO VOU ENTRAR AÍ! É um choque cultural muito grande, não estou preparada!

Pronto, acabei com as boas intenções de marido, tadinho.

Não sei como ele ainda me ama. rsrs

17 comentários:

  1. hahaha
    aqui no Japão é a mesma coisa. E tem termas de montão, um festival delas.

    mas a vista é mais escondida. homem não vê mulher nua e vice versa rs.

    mas são boas demais, adoro as termas ao ar livre, nas montanhas.

    bom dia

    ResponderExcluir
  2. Huahuahua, olha eu vou comentar e confirmar a pura naturalidade dos alemães quanto ao nu, eles realmente não tem nem um pingo de malícia e, aliás, respeitam muito a naturalidade do físico, mas eu te digo mais uma coisa: EU JAMAIS ENTRARIA NUMA SAUNA PELADONA!!! Ainda mais com homens lá dentro!!! Gente, não é que eu tô me "sentindo a ultima bolacha do pacote", nada disso, não acho que nenhum homem na terra além do meu marido vai parar de fazer qualquer coisa (tipo relaxar a mente numa sauna) pra passar a reparar em mim, mas meeeeeu, fala sério … não … não, eu não sou assim tão "natural" … ainda não! Vc pode se sentir alemã (como vc disse num post atrás) o quanto quiser, mas neste caso aqui, se sinta brasuca a voooooontade, que eu te apoio! Bjos. ;-)

    ResponderExcluir
  3. hehehehe
    Nossa,, se fosse eu teria saido correndo hehehhe
    Pior que é bem assim, né.. eles não veem "maldade" nós que é quem os a mente poluída heheehhe

    Adoro ler teus post's.. sempre tão leves. fazem meu dia mais descontraído :)


    bjos e uma ótima semana pra vc :)

    ResponderExcluir
  4. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    Evelíssima querida, ADOREI sua reação e rachei o bico aki!

    Bão... quanto a mimself, digamos que, apesar de brasuca-desde-1978, eu me vi rapidamente adpatada a esse lance do "natural beach" OK eu nunca fui em sauna, nem sei se iria... mas em praia nudista... eu ADORO!!!

    Meu digníssimo-partner sempre foi nessa praia - na ilhota onde moramos tem algumas praias assim, geralmente são as praias mais relax pq são praias para dogs e casais gays...

    Anyway, lembro-me da primeira vez em que fomos nessa praia, no verão de 2008. A gente caminhava pela praia, fim de dia, e lá pelas tantas ele disse "ah, vou dar um mergulho, quer vir?" e eu falei "tá, mas... assim?" e ele sorriu "Sim!". Arrancou a roupa e correu pra água. Fiquei alguns segundos olhando ele se esbaldar no mar, gritando que estava uma delícia. Sim, bastaram alguns segundos refletindo entre ficar na areia e ou correr e curtir com ele. Well... eu me vi a própria alemoa, arranquei a roupa e fui pro abraço, literalmente!
    ABER! Antes de acharem que sou altamente desinibida, vale informar: não sou nenhuma miss-fitness (beeem longe disso) e eu só vou nessas praias com ele. E confesso: acho meio estranho hoje ir em praia de bikini e tals. Confesso também que essa experiência mostrou pra mim uma nova forma de lidar com o corpo, de um jeito mais relax e mais natural....

    E é isso!

    Beijuküsse!

    ResponderExcluir
  5. Eu também nao me acostumo com uma coisa dessas; ainda bem que o meu eh brasileiro, assim nao tem como se decepcionar. hehehehehehehe
    Daqui uns dias eu mudo e voces vao poder me visitar com direito a um quarto de hospedes. :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ai, eu tb não me acostumo com isso não. Sou muito reservada, nao fico pelada nem na frente das minhas irmas... imagina se eu ia numa sauna com todo mundo nu... Lembro que no segundo grau eu fazia escola tecnica e o chuveiro da educaçao fisica era um corredor que saia agua de todos os lados, ficava uma peladona do lado da outra e eu odiava... se podia ia pra casa sem tomar banho.

    ResponderExcluir
  7. Hahahahahaha... Adorei!!!
    Imagino a sua cara diante dessa situação!!! rs
    Mas relaxa, dak a pouco vc se acostuma com essas "diferenças"... rs
    Sobre o SWU, o pior fiasco do mundo!
    Sustentabilidade uma ova!!!!
    Bjusss

    ResponderExcluir
  8. é bem dificil mesmo, encara uma dessa!!!

    ResponderExcluir
  9. Certamente eu teria a mesmíssima reação! HAUhAUHAUA

    ResponderExcluir
  10. aqui na suiça tb!!
    ja vi tanto bilao na minha frente quando eu ia pro termas e alguns nem eram bem dotados!!!nao sei pra que expor aquela coisa!!!
    e dps depravados somos nos...vai entender...
    hehehe

    ResponderExcluir
  11. Oi Eve,
    hahah É mesmo um choque cultural!! Não estamos acostumados a ver um monte de gente pelada que já vamos logo pensando em outras coisas; não é natural da nossa cultura.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  12. Putz....

    Eu sairia voando... pior que eles são bem assim, uma vez passei o carnval em uma pousada e entre nós havia três alemães, eles andavam nus na maior naturalidade e eu nao entendia aquilo, até eles me explicarem kkkkkkkkkkk

    bjoooooooo

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKKKK, Eve ri muito, imaginei sua cara.

    ResponderExcluir
  14. hahahahahahaha!
    Ri muito imaginando sua cara de espanto e perplexidade ao se deparar com tanto homem nu!
    Que bom que seu marido te compreende!Já pensou se não???
    Beijo!

    ResponderExcluir
  15. Alexandre, se fosse separado aqui, até pensaria no assunto. Como não é, nem penso. rsrsrs

    AWeidler, que bom que vc me entende. hahahahha

    Karine, que bom que meus textos te fazem bem.

    Jux, me ensina o segredo e me dá coragem, mulher! hahahaha

    Liza, sorte sua nesse quesito. kkkkkk

    Thais, eu tb não sei ficar pelada nem na frente de parente... Nem sei se me acostumo um dia.

    Ingrid, vc acha que eu me acostumo? eu acho que não!

    Analice, vai se preparando para o caso de vir morar aqui. ;)

    Honey, vc ainda não se acostumou? hahahhahah

    Ronda, pois é.

    Renata, tá vendo? vc sabe o que eu passo aqui. kkkkk

    Nathália, isso, ri da minha desgraça, ri. kkkkk

    Bjs, meu povo!

    ResponderExcluir
  16. hahaha vc tbm teve um susto hein! eu tbm! imagina que eu estava andando de bike procurando um lugar pra fazer picknick num riozinho aqui perto, que é um local aberto pra todo mundo ver, e tinha varios vozinhos lá todos peladoes! eu quase cai da bike!! rsrsrs

    ResponderExcluir
  17. Eve, marido e eu fomos a um hotel que tinha um monte de saunas e afins, sem saber que ali era "Textilfrei". O hotel ficava no meio do nada, ou seja, estávamos ali única e exclusivamente por conta das saunas. Eu estava de maiô e ele de short, olhamos um pro outro e falei pra ele que se eu tivesse que tirar a roupa, ele teria que tirar tb. Resultado: nos enrolamos em toalhas e curtimos o calor. Em algumas das saunas o vapor era tao intenso, que nao se via nada, nem ninguém. Em outras, eu fechei os olhos e pronto. Percebi, ao entrar na primeira das salas, que ninguém fica olhando. Entao, se ninguém fica olhando, pq eu deveria olhar? ;-)
    Se vc vir "Textilfrei", é pra tirar a roupa. Mas nem todas sao assim... A primeira sauna a que eu fui exigia que as pessoas usassem roupas de banho e ainda forneciam um sarongue pra quem quisesse se proteger mais um pouco.

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P