domingo, 17 de outubro de 2010

Farinha do mesmo saco

Pegando o gancho desse vídeo, queria falar um pouco sobre as generalizações que fazemos quando estamos do lado de cá. Dividimos o mundo em quatro continentes, praticamente: Brasil, América (a do norte), Europa e Japão (porque todo asiático é japonês, né?)

Vejo em muitos blogs de pessoas morando na Europa, a afirmação de que "europeu é assim mesmo", "europeu se comporta assim e assado", "europeu..."

Aqui no blog só tem duas categorias distintas relacionadas à "Europa": Alemanha e Berlin. Uso "Alemanha" para falar de viagens por outras cidades e regiões além da fronteira de Berlin e para hábitos, costumes e culturas que gostaria de destacar e que são comuns. Berlin está mais relacionada ao meu dia a dia.

Quem mora na Holanda (não é o seu caso, Lininha, é só um exemplo, viu?), não pode falar que "europeu" é assim ou assado. Não é europeu, é holandês. O mesmo acontece com quem mora na Itália, Espanha, Inglaterra, França... São europeus por viverem no mesmo continente, compartilharem o mesmo clima (nem sempre), terem os mesmos tipos de carros, estradas boas, paisagens. Mas, não um único povo nos costumes, nos hábitos...

A Alemanha é um país pequeno, do tamanho do estado da Bahia. Mas, mesmo por aqui, há as diferenças. Um nativo de Hamburgo é diferente de um de Munique. Um do leste alemão ainda é diferente do oeste. Uma pessoa que mora num dorf (vila, interior) tem costumes e ideias diferentes de quem mora numa cidade grande. Isso porque eu nem falei dos dialetos, que não são sotaques, são línguas próprias de cada região. E assim vai...

Os alemães que eu conheço, por exemplo, separam a europa em central, latina e leste. Portugal, Espanha e Itália são países latinos para eles. Os espanhóis, na visão alemã, são os baianos da Europa, gostam de festas, tem alegria e praias. O principal destino dos alemães de férias no verão é a Espanha por conta disso. (Glenda, estou mentindo? Update: link que a Glenda deixou nos comentários de um ótimo texto)

Suíça, Áustria e Alemanha tem a mesma língua em comum. Ok. Só isso. Os suíços podem ser ainda mais formais e os austríacos podem ser ainda mais nacionalistas que os alemães. (Liana, se estiver errada, grita. rs)

Existem as semelhanças? Existem. São muitas. Mas, as diferenças são ainda maiores. Por isso é que existem países, línguas e culturas distintas no mesmo continente.

Europeu também generaliza? Bem capaz. Não é um mal de brasileiro no exterior. Alemão que não conhece o Brasil acha que lá é só praia, floresta amazônica, violência, Lula e carnaval. Porque é só isso que eles ouvem sobre o nosso pais. É a visão única deles.

Eu tento não cair na generalização européia e não colocar tudo no mesmo pacote. Mas, eu também acabo colocando os alemães num pacote só, porque ainda não conheço a fundo a Alemanha. Irei me policiar mais daqui pra frente.


E enquanto isso, continuo comentendo meus micos.

14 comentários:

  1. ahhh como eu te entendo...
    recebo TANTAS perguntas via mail e comentários sobre coisas que acontecem NA CHINA. Claro, coisas ruins. Dai explico que é na China, a pessoa comenta: mas China e Japão, não é tudo igual?

    na verdade nada é igual, ninguém é. e no fundo mta coisa é muito mais parecida do que pensamos que é. é complicado, o pensamento é dicotômico, mas é por ai mesmo.

    eu encaro meu blog até como um desmistificador. pq ouço sempre mta besteira sobre o Japão, sobre o país, como imaginam que eu vivo. Não fico bravo, pq acho que ninguém tem a obrigação de saber, mas é sempre bom ampliar horizontes.

    bjs e bom domingo

    ResponderExcluir
  2. Uma amiga virtual certa vez publicando este post, que acho que está relacionado com o teu. Explica bem as "europas".

    http://anlenedmadrid.blogspot.com/2010/02/europas.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Quem mora na Holanda (não é o seu caso, Lininha, é só um exemplo, viu?), não pode falar que "europeu" é assim ou assado. Não é europeu, é holandês. O mesmo acontece com quem mora na Itália, Espanha, Inglaterra, França...

    Bem, não sei se é o meu caso, rsrsrsrs...Só sei que já usei suas mesmas palavras muitas vezes. Eu raramente falo de europeus no blog porque eu vivo na Holanda e falar dos holandeses já é complicado demais! Como sempre, não dá pra generalizar: nem brasileiros, nem europeus, nem alemães, nem holandeses.

    Mas já (ou)vi muito brasileiro dizendo que europeu é frio, europeu não chora e por ai vai...

    ResponderExcluir
  4. Existem as semelhanças? Existem. São muitas. Mas, as diferenças são ainda maiores. Por isso é que existem países, línguas e culturas distintas no mesmo continente.

    É justamente por isso que adoro morar na Europa! Diversidade cultural, bastam duas horas de trem e você está em outra cultura (língua, etc).

    ResponderExcluir
  5. Qualquer generalização é uma me...desculpe o linguajar Eve!!
    Sinto que muitas vezes generalizamos por ignorância ou preguiça(de pesquisar e conhecer)!!
    Porque da trabalho conhecer a fundo, e quanto mais a fundo mais diferenças encontramos!!!
    Sinto o mesmo quando falam "Americano é tudo igual" ou "Coisa de americano".
    Por ter morado la e saber o quão longe estao dessa constataçao,essas frases me incomodam bastante.
    Beijocas querida!!

    ResponderExcluir
  6. Ahhh...esqueci de dizer... Amei esse post!!!!

    ResponderExcluir
  7. É aquela velha história: "Todas as generalizações são perigosas. Inclusive esta."
    Não dá pra generalizar cidades nem estados, quanto mais países e continentes! Aliás, se for pensar bem, não dá pra generalizar nem dentro de casa, numa mesma família, né? A gente não é necessariamente igual a nossos pais, nem a nossos irmãos (embora a educação possa ter sido a mesma), primos, tios, etc etc. Existem semelhanças, claro, mas são tantas as circunstâncias que podem mudar tudo...
    Eu tinha a mó trabalheira pra explicar pro pessoal que eu não gosto de futebol, não curto carnaval, não morro por uma praia, tomo pouco café e não ando com um abacaxi na cabeça! :)
    bjk e ótimo domingo!
    Mônica
    @madamemon

    ResponderExcluir
  8. Onde é que eu assino Eve?
    Acho a Holanda, esse país minúsculo, tão cultural e rico de tradições quanto o Brasil. Talvez até mais, se me permite dizer. Se vovê for ao sul da Holanda, verá que os costumes e até a culinária é diferente do norte, por exemplo. Isso sem contar os inúmeros dialetos e até um ex-dialeto que hoje é considerado oficialmente uma língua (falado em Limburg).
    O meu gerente, thank god, não partilha da mesma opinião do meu colega de trabalho grosso, que acha que no Brasil só tem puta e carnaval - e gente preguiçosa.
    Alguns amigos meus que estão no Brasil acham que a Holanda é o paraíso da liberdade, que todo mundo fuma maconha o dia todo e em qualquer lugar. Uma tia achava que o pessoal aqui andava de tamanco, rs.

    Mas Eve, relaxe. Às vezes é impossível darmos uma opinião imparcial a respeito de um lugar ou das pessoas, sobretudo de moramos nesse lugar. Ninguém está livre disso, porque vivemos aqui e nossa experiência (boa ou ruim) vai sempre ser refletida nas nossas opiniões.

    Continue dando a sua opinião sobre as coisas, é isso que torna a vida (e o blog) interessante. Imparcialidade, às vezes, nem nos livros de História.

    Bjinho e ótima semana!

    ResponderExcluir
  9. Oi Eve,
    Gostei do post!! Devemos mesmo lembrar que cada ser humano tem sua individualidade. Generalização ocorre em todos os lugares; o Brasil é um país com proporções continentais, e há também uma generalização (de certa forma ignorante) sobre o comportamento e cultura dos diferentes estados.

    Ah, quando estava no México, o pessoal se espantou por eu não jogar futebol e nem sambar... rsrsrs...
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  10. Os alemães generalizam muito, quando reclamam de estrangeiros, colocam todo mundo no mesmo saco, quando nós sabemos a quais estrangeiros eles estão se referindo. Não dá pra ser sempre politicamente correto, é um saco, nem dá pra sempre generalizar, é difícil.

    ResponderExcluir
  11. realmente existem muitas diferenças. A itália por exemplo já é dividida em norte e sul, e só ai se ve muita diferença, mas eles generalizam mto também, por exemplo acham que todas as brasileiras são negras e se espantam qdo me veem, mais de uma vez me perguntaram da onde vem a minha cor, pq pensam que eu deveria ser mais morena por nascer no bRasil...

    ResponderExcluir
  12. Oi Alexandre, com o curso de alemão, conheci coreanos e japoneses. Só dessa convivência já percebo muita diferença. Mas, vc não anda de quimono e tamanco pela casa, não? hahahahhahaha

    Glenda, obrigada pela dica do link, coloquei lá no texto.

    Beth, pois é. Quantos anos a Europa tem de cultura, né?

    Tatiana, vc falou uma verdade: quanto mais conhecemos, mais diferenças encontramos.

    Mônica, lembrou bem, nem em família dá para generalizar, cada cabeça, um mundo. Jura que vc não anda com abacaxi na cabeça? Pensei... heheheheh

    Pois é, Line. Olha só o tamanho da Holanda. Imagina... Vc tem razão, a gente não consegue ser perfeito e evitar de cair nesses pequenos erros do dia. Mas, bom reconhecer que não é bem por aí. rsrs

    Ronda, imagina aí como é a cultura de um baiano na visão de um paulista, e a de um gaúcho na visão de um cearense? Tb temos grandes diferenças. rs

    Ma, com certeza. Eles generalizam, porque, assim como nós, conhecem muito pouco de outras culturas. Conhecem apenas o que é mostrado superficialmente. Eu bem sei de que estrangeiros vc está falando. Mas, escreve aqui pra vê se, até no blog, não causa problemas. =P

    Thais, pois é. Uma criança já me perguntou pq eu não sou negra se sou brasileira. Aí eu explico que no brasil tem tanto europeu (alemães, italianos, espanhóis, portugueses...) quanto aqui. =P

    Bjs, pessoas!

    ResponderExcluir
  13. Oi Eve, obrigada pela visita ao meu blog e pela referência ao texto. Voltarei aqui, gostei muito do teu cantinho! Bj

    ResponderExcluir
  14. Gostei!!!!

    Olha, tb procuro me policiar...Sempre coloco as referências dos lugares que estive quando vou fazer uma crítica, ou faço uma crítica usando algo que outro americano disse.... Até esse Estados Gordinhos da América é diferente...Nossa, 50 estados, não dá pra ser tudo igual!!!

    O Texas é aqui do nosso lado bem dizer,mas é tão diferente!!!!

    Bjos!

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P