quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Cidade, povoado ou lugar?

Como falei, na última viagem, ficamos hospedados em um povoado com 1800 habitantes.

Marido é falador, simpático e adora fazer contato. Totalmente o contrário de mim, vocês vão pensar. ;)

E a pausa para o cigarro (ninguém é perfeito e o meu é fumante) é sempre uma boa oportunidade para puxar papo, já que aqui, o pessoal tem que sair do bar/restaurante pra fumar quando não tem sala própria para fumante. Numa dessas, no restaurante do hotel em que ficamos, marido puxou assunto com uma moradora e ele fez um comentário que chamou atenção da senhora.

- Essa cidade (Stadt) é muito bonita.
- Cidade não.
- Sim, esse povoado (Dorf). Desculpe, é que vim do Brasil e estou acostumado a chamar tudo de cidade.
Aí a mulher fecha a cara pra ele e diz num tom ríspido que só alemão sabe fazer e ainda consegue sorrir no final da frase:
- Povoado também não, é muito negativo. Diga lugar (Ort).
- Ah sim, ok, lugar (Ort).

E a cara, meu povo, enfia aonde?

Fora que, quando entramos, todo mundo já sabia que eu era brasileira e os olhares já eram diferentes. Assunto pra outro post.

14 comentários:

  1. ô povinho xenófobo, meu Deus!!!!

    ResponderExcluir
  2. A Jackie eh especialista para citar todas as diferencas entre Stadt e Dorf, ops, digo Ort! E para falar das desvantagens tbm, por que vantagens acho que ela nao vê nenhuma. Eu com meu Ort de 10.000 habitantes nao consigo ver. hehehehehehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. aqui tb há diferença entre cidade, povoado.
    uma amiga que morou ai na Alemanha disse que o povo era muito amável com ela...mesmo sabendo q ela era estrangeira. a coisa só ficava feia qdo ela falava que era...brasileira! dai todo mundo fazia uma cara de decepção ou fechava a cara mesmo. e tinha homens q pensavam que ela fazia programa, pq era brasileira (e perguntavam se ela era travesti!)
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Aqui na Noruega eh assim tb,sinto que as pessoas me tratam diferente por ser brasileira.Eles acham que no Brasil todas as mulheres sao garotas de programas,e que casam para fugir do Brasil,que na cabeca deles se resume a floresta Amazonica e as favelas do Rio de Janeiro...Ainda mais quando assistem a filmes como Tropa de Elite...

    ResponderExcluir
  5. Eve, preciso de suas palavras. Passa lá no blog, please!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Vi um comentário seu no blog do Alexandre, fiquei curiosa e vim espiar. Chegando aqui me encantei com o seu cantinho.
    Já virei fã seguidora, viu?

    Abraços

    Lia
    Blog Reticências...

    http://liaks25.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Faz tempo que não venho aqui! Sim, conheço Feira de Santana, ou melhor, conheço o Feiraguai! uahauhauhaauh.
    Depois eu leio todos os posts e faço um comentário sobre eles, é que ando meio sem tempo. Só sei que a cada dia que venho aqui, me apaixono mais pela Alemanha!!
    beijoooo

    ResponderExcluir
  8. Fiquei curiosa sobre o próximo post!
    Vê se não demora pra contar,tá?
    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Em contra partida, os homens desse lado da Europa aí, não só os alemães, tem "aquela" fama péssima no Brasil também, casos noticiados e tudo mais, não é mesmo?
    Pois bem, ficam elas por elas!!!!
    Bj

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Nem meu sobrenome me salvava aí rsrs... Boa sorte! rsrs

    ResponderExcluir
  11. eita povo rispido hein!!
    eu odeio dorfs! o povo sempre nos olha como se fóssemos ets, pq todo mundo se conhece e se aparece cara nova, sao aliens!! rsrsrs

    ResponderExcluir
  12. Oi Eve!
    Cada uma, né. 'Lugar' é muito genérico.

    Até onde eu sei, na América Latina os brasileiros são muito bem recebidos. Na Europa deve ser diferente mesmo.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  13. Meu povo, eu vou colocar vcs de castigo!!!! Aonde foi que eu escrevi que a experiência de todos saberem que eu era brasileira foi negativa?? Olha só o consciente coletivo, hein? Nunca fui discriminada aqui por ser brasileira, pelo contrário. O povo é só sorrisos. Claro, confesso que em Dorf as pessoas reagem diferente pq não estão acostumados a verem estrangeiros. Mas, brasileira na Alemanha não é sinônimo de prostituição, pelo menos, não nos meios que eu frequento.
    Aguardem o próximo post. =P
    Meninos levados!

    ResponderExcluir
  14. Sorte sua, Eve! Porque brasileira em Amsterdã geralmente é sinônimo de garota de programa (ou mulher fácil)...Na maioria das vezes, tenho vergonha das brasileiras que moram aqui na cidade. Por essas e outras, nunca frequentei bares brasileiros (mas costumava ir a shows, hoje em dia estou caseira demaaaaaaaaaaaaais).

    Mas é mais Amsterdã mesmo, porque também tem muita brasileira de alto nível aqui ;-)

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P