terça-feira, 30 de outubro de 2012

Eu tô dizendo...

ainda vou escrever um livro sobre causos do metrô, vou sim.

Estou eu lá, linda, loira e serelepe, de cabelos curtos, sentada no meu canto, quando era um homem pra lá de peculiar e resolve sentar ao meu lado. Isso pra não dizer que foi quase no meu colo. Dei uma afastadinha básica, mas eu acho mesmo que ele estava se sentindo em casa. Porque, né, a criatura abre os braços como se estivesse sozinho pra tirar o casaco e vai me cutucando, sabe como é, como se eu nao existisse. Ele se bateu tanto em mim, que eu resolvi mudar de lugar. Sentei um banco mais pro lado.

A maior bobagem que fiz. Porque eu continuei ao lado dele, né? Óbvio. Do meu lado direito um outro cara. Acho que "normal".

Eu sei que o "peculiar" começou a falar umas coisas lá, ora eu achava que era espanhol, ora francês, ora alemão. Ele tira cachecol, tira casaco, abre camisa e começa a mexer no cinto da calça. Nessa hora, fiquei inquieta e olhei pro "normal" do meu lado rindo. Ele riu de volta, como se lesse meus pensamentos: "ele não vai ficar pelado agora não, vai?"

Mas, vocês acham que a história acaba aí? Só começa.

A criatura me tira uma garrafa de Jägermeister da bolsa, bebe um gole e me oferece. Claaaaaro que não foi uma oferta qualquer, o cara batia no meu braço com a garrafa e me perguntava "Quer? Quer? É bom para o estômago. É bom para o estômago". Detalhe: em espanhol. E eu: Nein!! Só que ele insistiu tanto e meu braço já estava doendo, que falei em portunhol: NO QUIERO, GRACIAS. (aulas de portunhol no endereço de email do blog, obrigada)

Pronto. Fodeu-se a coisa toda!

- Ahhh, hablas espanol?
- Un poco.
- Donde és? Peru?
- Brasil.
- Que haces acá? Estudia?
- Si.
- O que?
- Administracion. (mentira, né?)
- Bueno, bueno...

Daí abre um livro de um curso de alemão e começa a fingir que estava respondendo o exercício e passou 500 anos repetindo a mesma frase:
"Die Toilette ist außerbetrieb" - O banheiro está fora de funcionamento/ interditado.

Nada mais apropriado, diga-se.

Eu ria. O cara ao meu lado ria. A criatura e eu fizemos a festa pra esse cara, porque ele, nitidamente, estava se divertindo às nossas custas.

Chega a estação que ele tinha que descer. Levanta, pega as coisas dele. E?

E dá uma cutucada no meu braço: Adios! Adios!

Véi! Véi! Véi!
NÃO ME CUTUCA!!!!!

p.s. baiano não cutuca, baiano futuca. hahahahaha

24 comentários:

  1. Mas olha só, te ofereceu até um gole hahahaha Agora vc inventando resposta hahaha foi demais...mas oh, era bom pro estomago hahahahah Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizem que é, mas é ruim pra baralho! rsrsrs

      Excluir
  2. Adoro seus causos metrosísticos :)

    ResponderExcluir
  3. Rsrsrs,amo ouvir seus casos tb!

    ResponderExcluir
  4. sempre tem uns doidos na rua e transportes públicos né...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre, e parece que eu atraio. rsrs

      Excluir
  5. Mas pq isso nao acontece cmg? Minha gastrite anda tao atacada q eu tinha aceitado o goró dele na hora...kkkkkk

    Menina nos metrôs daqui tbm ocorre cada cena q soh vc vendo, a pior foi qnd uma madame com um cachorro (daqueles de bolsa) sentou do meu lado e o bicho me deu uma lambida (já falei sobre minha fobia no blog), pior q era verao e eu tava de camiseta, senti de A a Z a coisinha gelada (vulgo baba) descendo pelo meu braco... oh céus, oh vida!!

    Beijao Eve!!

    ResponderExcluir
  6. ahhhh!! haha vc é uma santa! eu ja tinha me levantado e mudado de vagao =) odeio gente pentelha. Bebado ainda, pior ainda. bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou, né? Depois fiquei me perguntando pq eu nao fui pra outro vagão. rsrs
      Bjs!

      Excluir
  7. Eu também teria mudado de vagão! Serio! Que? Sujeito resolve ENCOSTAR em mim? ARGH! ARGH!!!!

    Ainda bem que ele nao ficou de cueca, ne?

    ResponderExcluir
  8. Eu acho que também teria mudado de vagão, sai fora...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na próxima, eu mudo.
      Se bem que, aí não teria esse causo pra contar. hahahaha

      Excluir
  9. ahhhh morri escreve esse livro vc vai ficar rica e a gente vai se divertir por tabela rsrsrs.. bjs

    ResponderExcluir
  10. ah, agora descobri de onde vem a palavra "futuca" que eu tanto uso. Vc nem imagina como tinha gente que me perguntava que palavra era esta rsrsrsrsr
    flavia

    ResponderExcluir
  11. hahahahha
    Seu blog é uma comédia! rs Estou indo morar em Basel, será que lá tb tem desses no metrô? rs

    bjo grande!

    ResponderExcluir
  12. Essa foi uma das situacoes mais hilarias que ja li neste blog !! Eve, tudo de bom pra ti ... vamos completar dois anos que marcamos um cafe, mas temos tempo ainda... hahahahahaha bjs Regis Paulo regis.paulo@globo.com

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P