sábado, 27 de outubro de 2012

A coitadinha: eu

Peguei indicação/receita para algumas massagens no meu médico "de casa". A ideia era relaxar, né? Pois. Fui numa clínica de fisioterapia que tem perto da minha casa, gerenciada por um casal de vietnamitas, coisa da boa.

A fisioterapeuta que me atendeu era alemã. Rá! Como era a primeira vez, fez as perguntas de praxe.

Atenção para o parêntesis:
Eu moro num bairro de maioria estrangeira, muitos turcos e libaneses, principalmente. Anotem essa informação aí do ladinho.
Fecha parêntesis.

Ela perguntou desde quando estou na Alemanha. Se eu aprendi alemão aqui ou lá. Que está bom pra tão pouco tempo. (Aham... 3 anos quase, véio, pra mim não está bom, não) e perguntou porque vim pra Alemanha.

A resposta mais curta e que esclare muita coisa com uma informação só é:
- Meu marido é alemão.

Ali, ela olha pra mim, bem nos meus olhos e pergunta:

- Ele é um homem bom?

Eu quase ri. Mas, preferi responder que sim, um homem muito bom, pra eliminar qualquer mal entendido.

Será que ela estava pensando que fui pra lá com dores, por que ando apanhando em casa? Porque, venhamos e convenhamos, não é difícil que ela pegue pacientes assim, tá? Já vi cada cena por aqui...

Só que, nesse caso, a coitadinha não sou eu. Quem apanha aqui é ELE! E tapa de amor não dói. COF! COF! COF!

21 comentários:

  1. genteeeeee! ja pensou? dai você começa a chorar compulsivamente e conta que ele te espanca?

    pior que isso acontece SIM, pois ja ouvi cada historia por aqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acontece, fia, acontece. por isso, nem estranhei a pergunta.
      bj!

      Excluir
  2. Como já dizia uma música brega cearense: Bata nele mulher, ele gosta de apanhar!Hahahahaha,joke!

    Eu tb já ouvi muitas histórias como essa que vc relatou.Já ouvi de história de marido que prende a mulher em casa.Uma doideira.

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem de tudo um pouco nesse mundo.
      Bjs!

      Excluir
  3. verdade q tem assistência direcionada à esposas estrangeiras q são abusadas ?
    Vi isso no blog de uma brasileira, mas não era na Alemanha.
    Será que foi essa a idéia dela Eve?
    Escutar, sempre escutamos coisas, mas ver...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim. Tem tanto do estado quanto ongs.
      Provavelmente foi, no bairro tem muitos casos, inclusive, de assassinatos.
      Eu já vi homem sendo brutal com a mulher na rua. Se é assim na rua, imagina em casa?

      Excluir
  4. Homem maluco existe em qualquer lugar do mundo, mas tenho uma vizinha que casou-se aqui no Brasil com um alemão, e era tudo lindo. Quando foram para a Alemanha em pouco tempo ele a batia e a encarcerava, ela conseguiu voltar para o Brasil com a ajuda de brasileiras que aí moravam, mas até as pessoas descobrirem ela apanhou muito. Com isso qdo digo que namoro um estrangeiro, minhas vizinhas insistem em lembrar da vizinha encarcerada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É como vc falou, tem em qualquer lugar do mundo. No Brasil, na Alemanha, nos EUAs... Infelizmente.

      Excluir
  5. Oh Eve...não duvido mesmo que a mulher tenha pensado nisso hahahah Porque tem sim muitos casos de deixar a gente boquiaberta...quando falei lá no trabalho que tava vindo embora, namorado holandês, meu chefe disse umas coisas também hahaha A gente ri...mas tem cada história que a mulher fica num beco e daqueles sem saída. Quando fraturei o braço, estávamos juntos no trem, o fiscal passou, conferiu nossas passagens e antes de nos devolver, olhou bem pra mim e pro braço engessado e perguntou o que tinha me acontecido hahaha Eu achei meio inusitado, mas expliquei na boa...mas daí marido disse que ele talvez tenha pensado que ele tivesse me batido hahahaha Loucura isso, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho a preocupação válida. Mas, como é que se sente o marido inocente nessas horas, né? hahahaha

      Excluir
  6. Infelizmente é a realidade de muitas que vêm pra cá...

    ResponderExcluir
  7. Achei bacana ela perguntar, foi um modo sutil de se abrir pra o caso de vc precisar de ajuda, tem muito disso por aqui.
    Sei q maluco tem em todo lugar, mas experiencia com homem valente eu tive foi la no meu ceará, esse alemaozinho aqui é bonzinho tbm,rsrs.

    ResponderExcluir
  8. Achei bem interessante o texto e diferente do que estou acostumada a ver.

    ResponderExcluir
  9. Descobri deu blog semana passada e adorei! Já ate traduzi partes pro namorado alemão pra ele rir tb.

    Vc é tão forte e de um jeito tão bom. Não forte que não se abala com nada, mas forte que não desisti por nada. Foi um momento bom 'te descobrir' pq recebi a noticia de que pela segunda vez não recebi notas suficientes no TestDaf e estou muito down.

    Parabéns pelo blog, pela vida que leva e pelas palavras que nos diverte e as fazem te admirar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, muito obrigada, fiquei lisonjeada. :)

      Excluir
  10. kkk, ri muito! tb jah me perguntaram se meu marido era "gentil" comigo!!!
    Infelizmente ainda existe muita violência contra a mulher, independente da nacionalidade e alguns homens crescel acreditando que podem tudo. Recentemente ouve um escandalado aqui na França. Duas meninas foram estupradas coletivamente por 14 jovens, isso hah uns 13 anos, e agora saiu a sentença: mesmo provado que elas foram estupradas dessa forma coletiva, 10 foram considerados inocentes (mesmo tendo participado!) e os outros 4 receberam penas leves entre 1 e 4 anos, em regime de semi-liberdade! Isso significa que a mulher não vale nada para a sociedade!

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P