segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Alemanha, a terra das possibilidades?

Eu tenho recebido alguns email ultimamente sobre o sonho de muitos de virem para Alemanha, recomeçar a vida.

Eu tenho vários exemplos de gente que veio pra cá, inclusive com uma pitadinha de incentivo meu, que se deram bem, gostam do país e estão refazendo seus caminhos. Claro que não sem as dificuldades que todos enfrentamos numa mudança dessas.

Alemanha é um país bonito, com uma política social bacana (mas não sem furos) e com um mercado de trabalho atraente para quem é da área de tecnologia e engenharia. Só que, sinceramente, peca em empreendorismo. Não há um mercado interessante para se abrir pequenas empresas, a não ser o boom de Start ups que acontece aqui em Berlin, por exemplo. São empresas de tecnologia que surgem com uma ideia maravilhosa, conseguem "patrocinadores", mas que, se não decolam em 5 anos, a tendência é fechar mesmo.

Tem trabalho em outras áreas? Tem. Só que é difícil de encontrar. Há os empecilhos. Se você não tem visto de trabalho, você vai ficar sempre na linha do "ilegal". Eu nem preciso falar que os salários, nesses casos, são ó
A diferença é que dá pra viver com pouco por aqui. Claro, se seu nível de expectativas não for tão alto e se não achar que quem vive na Europa é, automaticamente, rico. Não é bem assim. É que a percepção de qualidade de vida aqui é outra. Por exemplo: eu não abro mais mão da liberdade de andar sozinha, às 22h, em Berlin, sem a sensação de estar sendo seguida, ou mesmo correndo risco de vida. Uma vez sentido isso, não se quer perder mais. Em compensação: esqueça empregada doméstica, babá, pedreiro-faz-tudo. A não ser que a renda de casa sobre. Aí dá. Quando se muda de país, há sempre uma perda, mas os ganhos (qualidade de vida, segurança, infra-estrutura, sistema de saúde), no meu caso, compensam.

Eu reclamei do inverno no último post. Mas, em alguns dias, já estarei adaptada às temperaturas novamente. Tem gente que não aguenta de jeito nenhum. Aí, o inverno passa a ser um ponto negativo. Uma questão de perspectiva.

Vir pra cá pra tentar a sorte assim, sem planos, não é legal. A não ser que você fale alemão, tenha um visto (ou perspectiva de) e dinheiro guardado para arriscar. Mas, olha aí, isso já é um plano. Porque, diferente de outros países na Europa, a língua é importante aqui. Tem gente que trabalha falando inglês? Tem. Mas, são casos raros. E a maioria na área de tecnologia. Porque oi? Códigos de programação (Java, C#, Delphi) são universais.

Encontrou o homem/a mulher dos seus sonhos e quer vir pra cá? Venha! Case! Seja feliz com seu amor. Agora saiba que há muito o que se fazer para ser feliz fora do casamento. Aprender alemão, procurar e arrumar um trabalho, se adaptar à nova cultura etc. Eu acredito em histórias de amor e dou o maior apoio. Não há nada mais forte que o amor para se vencer barreiras. Eu sei. Sinto na pele há 10 anos. :)

A diferença está na cabeça, nas expectativas, em como você escolhe viver suas escolhas. Eu escolhi ser feliz, aonde quer que eu esteja e tento fazer do lugar aonde estou, o melhor lugar para viver. Não é à toa que eu escrevo um blog para rir. Ninguém disse que seria fácil, mas eu aprendi cedo a rir de mim mesma. Melhor exercício de autoconhecimento.

Querem vir para Alemanha? Venham. Mas, venham de pé no chão, tá?

Caso queiram continuar me escrevendo, fiquem à vontade. O endereço de email não está ali por acaso. Eu irei responder, mesmo que demore. :)

Boa sorte para nós! Sempre!

28 comentários:

  1. isso é verdade, achar o grande amor é algo incrível e que deve seguido, mas tbm tem a vida profissional, a o eu, que temos de trabalhar no pais ou cidade onde estamos, com nosso amor e os planos que temos pra um futuro melhor e feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há sempre o outro lado da moeda, né?
      bjs

      Excluir
  2. Muito bom o seu Post! Aqui na italia, depois da crise muita gente está correndo para a alemanha como ponto de esperança para superar os problemas! Mas a maior parte das pessoas esquece mesmo dos pequenos detalhes... Quer seguir o sonho e os particulares, que sao muito importantes, ficam de lado!
    Tb mto importante isso que vc falou sobre "seguir" um amor... Pois o amor sozinho nao basta... Pode ate bastar, mas a adaptacao, a independencia sao coisas fundamentais para a integraçao! Digo por experiencia propria, deixei um emprego maravilhoso no Brasil pra seguir um amor, que graças a Deus deu pé, mas todo o resto desandou! :(
    E se eu nao estivesse preparada para essa dificuldade e outras mudanças, com certeza hoje, nao estaria mais aqui, 4 anos depois!
    Bjs grande e adoro o seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Exato. Temos que estar preparados e cientes das dificuldades.
      Bjs!

      Excluir
  3. querem vir pra Alemanha? venham, mas tentem se adaptar, pra isso tem que falar alemao e bom alemao leva tempo, oh tempo viu; trabalhar, nao se prendam só a sua area, vai que sua area aqui nao decola, tb nao se prendam so a area de tecnologia, megas empresas, ou importantes escritorios, os alemaes trabalham como todo mundo no mundo inteiro, na padaria, no supermercado, nas lojas , farmacias, nos correios, nas escolas, nos hospitais, em clinicas, restaurantes e por aí vai, tente se encaixar em alguma coisa... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuu! Adorei esse complemento, querida. Obrigada!

      Excluir
  4. Tambem ha cidades bem caras na Alemanha,München e o oposto de Berlim....
    Beijo
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a maioria das grandes cidades é mais cara que Berlin. Bj

      Excluir
  5. A realidade como ela e... post super pe no chao que se aplica nao so a Alemanha, mas a qualquer outro lugar do estrangeiro. Mudar de pais nunca e facil e as pessoas tem que vir sabendo que nem tudo serao flores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, se aplica a qualquer pessoa que vá ou queira ir para qualquer país.

      Excluir
  6. O mais interessante 'e que a maioria imagina que mudadar de pais 'e o mesmo que mudra de roupa e ai as coisas comecam a acontecer! Gente 'e muitos anos de adaptacao, muita paciencia, seriedade em tudo que se disponha a fazer(honestidade). Ah! Tem um ponto muito importante, na minha humilde opiniao, estabilidade emocional. Tive oportunidade de presenciar problemas s'erios a esse respeito. Eve vc 'e muito especial, sempre tentando dar apoio aos sonhos de pessoas que como nos tem sonhos de criar asas. Realmente nao tem posicao social que eu troque por minha tranquilidade! 'E indescritivel poder andar nas ruas sem aquele medo constant de ser assaltada. Um grande abraco. marciaf56@yahoo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos anos de adaptação. Ou eternamente. Porque o país muda também, né? rs
      E estabilidade emocional é fundamental.
      Bjs!

      Excluir
  7. Eu confesso que to cansada daqui... Ando pensando em me mudar. A Alemanha é linda, tudo funciona, não existem surpresas... Mas isso tbm cansa. Acho o maximo pessoas que tentam, que se mudam e que fazem as coisas acontecerem, pq isso é viver! Portanto, suuuber apoio os que querem vir e recomecar a vida por aqui!!!

    Bjocas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bom é que uma vez que a gente experimenta uma mudança dessa está apta a enfrentar outras. Querendo mudar de nv, dou o maior apoio. O objetivo é se sentir bem aonde estamos, né? Bjs!

      Excluir
  8. Ótima postagem, bem pé no chão!
    Assino embaixo.
    Márcia

    ResponderExcluir
  9. É Eve...isso mesmo...os desafios existem, em maiores ou menores proporções, tudo vai depender do que a pessoa está buscando e quer pra si. Há motivos diversos que levam as pessoas a irem e virem. Mais sorte tem aqueles que sabem lidar com os imprevistos, independente do lugar onde estejam. E, claro, se as oportunidades aparecem, por que não aproveitá-las?!?! Afinal todos nós estamos em busca de dias melhores e de realizações, sempre! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou e disse! Saber lidar com os imprevistos e aproveitar as oportunidades! :)
      Bjs!

      Excluir
  10. Eve, excelente postagem. Coloca bem a posição de quem resolve viver na Alemanha e mostra que é diferente do se aventurar na Alemanha. Gostei muito!
    Beijo,
    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E mesmo os aventureiros passam por dificuldades.
      Nunca escondi, também, que já tive/tenho as minhas aqui. :)
      Bjs!

      Excluir
  11. Tá liberado se sentir honrada com esse post?
    Espero que sim.
    Que bom q tem vc pra escrever essas coisas do ponto de vista do Brasil mergulhada no ponto de vista da Alemanha. Tudo é de um tamanho que acaba que a gente não mede mesmo, não por que não quer saber, mas pq certas coisas não se consegue medir de longe.
    Enfim, obrigada. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a vontade de vir, geralmente, é mais forte que a necessidade de enxergar os problemas que podem surgir. Mas, o bom é isso, porque é essa vontade que dará força para enfrentar o que vier! :)
      Bjs!
      Sinta-se honrada. hehehe

      Excluir
    2. vc definiu tudo.
      tb acho bom.
      nossa, mt mt obrigada.

      Excluir
  12. Bom texto!
    Obviamente que sempre vai existir coisasnegativas e positivas quando mudamos de vida e habitos. Infelizmnete para muitos brasileiros vir para a Europa é um mar de rosa e sabemos que não é exatamente assim, tem tb o ponto de vista que vc citou né? As vezes nós tb dificultamos 10 vezes mais essa adaptacão.

    Muito gentilda sua parte dar um help para pessoas que precisam de mais esclarescimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tem que estar atento e disposto. Senao, o risco é tornar as coisas mais difíceis.
      Bjs!

      Excluir
  13. Oi, Eve! Eu te acompanho aqui no blog já faz um bom tempo, mas não sei se já comentei antes. Antes de mais nada, quero lhe dizer que adoro suas histórias, me divirto bastante e torço pra que você sempre tenha o que nos contar, com seu senso se humor e leveza. Agora, em relação a este post, foi como conversar com uma amiga (a gente se envolve com quem lê diariamente..rsrsrs). Eu estou quase de mudança para Zurich pra viver com meu namorado de muito tempo, mas tenho minhas inseguranças, obviamente. A língua é uma delas (eu falo inglês e francês, mas o alemão é nulo), e ler isso aqui me deu algo em que pensar. Dificuldades sempre vão existir, em qualquer lugar do planeta que a gente esteja, mas tem que saber se você está disposta a enfrentá-las, por amor ou por vontade de viver algo novo - ou os dois, melhor ainda. Obrigada pelo texto, de verdade. Tenha um ótimo fim de semana e saiba que você descontraiu o meu!! ;)

    ResponderExcluir
  14. Ótimo post. Realista e pé no chāo sem chegar a ser pessimista. Porque no fundo, sempre há uma saída, sempre há uma solucão (eu estou tentando achar a minha).

    Viver na Europa está longe de ser o mar de rosas que as pessoas no Brasil pensam. Mas como tudo na vida, tem suas vantagens e desvantagens. A seguranca nas ruas é uma delas...já a tal segurança (ou estabilidade) emocional, esta você terá que lutar por ela, onde quer que esteja - seja na Alemanha, no Brasil ou onde for.

    Parabéns pelo post: informação e bom senso!

    ResponderExcluir
  15. Olha, não pretendo mais sair daqui nao auhauahua

    KIsu!

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P