quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Porque coisas loucas não acontecem só comigo

Estava esperando o metrô quando escuto uma mulher gritar para uma senhora idosa:

- Saia daqui! Você está me aterrorizando! Saia daqui!

A senhora passa por mim completamente atordoada. Eu, sinceramente, pensei que era uma coisa entre mãe e filha.

A senhora para a uns metros de mim e encosta uma outra senhorinha para perguntar o que aconteceu. A senhora responde meio que sem fôlego:

- Eu encontrei a moça arriada no banco e fui perguntar se ela estava bem, se precisava que chamasse um médico. Ela levantou, disse que não, mas voltou a se largar no banco. Eu perguntei novamente e aí ela começou a gritar. Tem gente que não quer ser ajudada.

Eu fiquei com tanta dó da senhora. Ela só estava tentanto ser gentil, mesmo insistindo.

Ela está certa: tem gente que não que ser ajudada.

Não vou dizer que eu suspeito que a mulher no banco estava bêbada, porque, oi?, eram 10h da manhã.

9 comentários:

  1. só uma coisa é certa, viu Frau Eve: seu alemao é tinhoso,hein, pra entender tudinho assim no passar da carruagem.
    No achismo: e se a que gritava era doida, sei lá, tava surtando e achando que a outra era alguém que a perseguia? Volta e meia tem uns esquizofrenicos no meio da rua aqui em Viena. Hoje eu tentava estudar na biblioteca central e tinha uma doida lá tendo alucinacao e xingava a torto e a direito, daí uma velhinha senhora muito distinta que digitava velozmente no laptop implicava com a doida: "O que, ta me xingando" e eu tinha de pedir pra elas calarem a boca..
    Beijo
    Ana Flavia

    ResponderExcluir
  2. Isso pra mim é falta de educação e das grandes. Não precisava ter gritado. Era só dizer que não precisava de ajuda. As pessoas têm uma facilidade em dificultar tudo.

    Kisu!

    ResponderExcluir
  3. UMA..DO..GRANDE..PELA..SENHORATBM!

    ResponderExcluir
  4. Nao lembro a ultima vez que passei por aqui, mas eu nao esqueci de voce. Pelo contrario, tenho te acompanhado pelo face. Passei um bom tempo longe dos blogs, especialmente, do meu. Queria dizer que continuo torcendo muito por vc e rindo, rindo bastante das suas historias.

    Beijao

    ResponderExcluir
  5. Mas o que mais tem nesse país é situacao estranha como essa. Quando eu morava em Hannover quase todo dia no trem tinha um babado diferente. Gracas a Deus aqui até que é calminho...
    Até agora!

    rsrs
    Beijos Eve!

    ResponderExcluir
  6. Coitada da senhora!!! E como tem maluco nesse mundo hein.

    ResponderExcluir
  7. Coitada da senhora. Ela só quis ajudar e acabou levando patada.
    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P