sábado, 7 de setembro de 2013

Pão e sal

É muito provável que eu não tenha contado essa história aqui, porque eu não me lembro e porque eu já procurei nos arquivos e não achei. Então, lá vai:

Quando nos mudamos pra cá, nos idos de janeiro de 2010 e entramos no nosso apartamento, uma das primeiras visitas que recebemos foi a de cunhado. De presente de "boas vindas", ele nos deu pão e sal.

Aí vocês pensam: "What!? Que presente mais doido! O que se faz com pão e sal?" Mas, nãooooo. Explico:

Provavelmente não só na Alemanha, como em outros países europeus (estou chutando pra ver se faço gol), essa tradição existe: quando se visita alguém que acabou de casar ou de se mudar para uma casa nova, costuma-se levar pão e sal. Eu digo "costuma-se", porque meu cunhado foi o único que fez isso conosco e nunca vi em outras ocasiões acontecendo também. Devo ressaltar que cunhado também é um cara conservador? Pois é.

E o que significa ganhar pão e sal? Significa desejar, para as pessoas que recebem, prosperidade e fartura. Legal, né?

Agora, porque será que estou contando essa história mais de três anos depois?

Simples. Porque resolvi ir ali entregar a minha porção de prosperidade e fartura pra essa mocinha aqui e seu marido. Sejam bem vindos na Batatolândia!

Seré que eu alemanizei? :)

23 comentários:

  1. Bah, não conhecia essa tradição. Bem interessante. Acho que tu estás em processo de alemanização ainda, rs.
    Achei teu blog no Google e acabei lendo ele de trás para a frente, agora que acabei de ler tuuuuudo hehehe. Adorei teus textos, teu jeito de escrever! :D
    Vou acompanhar tuas aventuras em terras germânicas pra valer eim ^^ quem sabe um dia eu passe a me aventurar nestas terras também, nem que seja a passeio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael, pode acompanhar, fique à vontade! :)

      Excluir
  2. Alemanizou faz tempo. Já está até mão de vaca como eles. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Querida, você!! Muito pão e sal pra este casal!! Boa sorte!!! Bjs Flavia

    ResponderExcluir
  4. Interessante isso e muito legal, boa sorte muita fartura!
    O importante é que voce tenha água em casa,-)

    ResponderExcluir
  5. Se fosse pão e vinho nem precisaria de explicações auhuahuaa

    Kisu!

    ResponderExcluir
  6. Eu achon que este lance do pão e sal tb faz parte de outras culturas, só não me lembro onde que vi isso...mas se me lembrar volto aqui pra contar! rs

    ResponderExcluir
  7. Estou pra me mudar daqui há um mês. Pedirei aos visitantes que tragam OBRIGATORIAMENTE pão e sal porque eu quero ficar toda trabalhada na riqueza,tá? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahaha
      Faça isso e nao se arrependerá!

      Excluir
  8. Uma vez eu li que esta tradição veio da Rússia há alguns séculos atrás. O sal era caro e coisa rara,digno da nobreza, oferecê-lo era sinal de respeito e desejo de prosperidade.
    Salga meu pão , tá??kkk Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amor, pra vc, te dou uma praia inteira. Serve? :)

      Excluir
  9. Eu também já ouvi falar disso, mas nunca aconteceu comigo e nunca vi. Até que quando meu irmão se ajuntou com a namorada num novo apê, Herr disse pra levarmos pão e sal. Eu falei que se ele o fizermos, meu irmão preparará a grelha e esperará a Picanha de brinde hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah
      entao, nesse caso, melhor levar sal grosso. :)

      Excluir
  10. Que simbolismo bacana! Eu que adoro um pão, ia ficar felicíssima!!! Mas aí a dúvida: se todo mundo te der pão e sal, o que você faz com o estoque de sal que você acumula?! Pq pão a gente come rapidinho, (bem, pelo menos EU devoro num segundo!), mas os vários vidrinhos de sal iam ficar sobrando...(sal de banho conta?! Pelo menos dá para usar para outra coisa kkkkk)
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta. Mas, pode ser que na época que o costume surgiu, era só punhados, né? E sal dá pra estocar. Agora, hoje, hummm, melhor trocar o sal pelo vinho mesmo. hehehe
      Bjs!

      Excluir
  11. Acabo de lembrar que minha mãe tinha o costume de manter um pedaço de pão e um bocadinho de sal dentro do armário, sob a pia da cozinha. Ela associava a fartura e prosperidade. Estava procurando a origem desta tradição e topei com o seu blog. Minha mãe era judia, filha de família oriunda do leste Europeu (Polônia, Hungria, Romênia, nunca sabemos ao certo, quando se trata de judeus rsrs).

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P