domingo, 3 de junho de 2012

Das coisas do acaso

Marido e eu estávamos de carro, parados no sinal. Olhei para o lado da rua e observei uma curiosa cena:

Um senhor, aparentemente um sem-teto, passando por uma calçada, conversou algo com duas pessoas que estavam em suas mesas no café que ocupava essa mesma calçada. (Verão em Berlin, os cafés e bares colocam as mesas nas calçadas)

Eu não sei o que ele disse para essas pessoas, talvez só tenha desejado um bom dia, como já aconteceu comigo algumas vezes. Eles responderam, sorridentes, tanto quanto podiam. O senhor seguiu o seu caminho.

E os dois, homem e mulher, que, até então, não se conheciam (deduzo por estarem sentados sozinhos, em mesas separadas), começam a conversar. Pelo sorriso dos dois, a conversa estava agradável. Só não sei como ou se terminou, porque seguimos o nosso caminho.

Aí me peguei pensando: a atitude de um sem-teto pode ter aproximado duas pessoas. Melhor ainda, no espaço de apenas um minuto. Porque foi o tempo em que o sinal ficou fechado e eu pude observar a cena.

Um minuto e algo pode ter evoluído desse contato fortuito.

Um minuto.

O que você pode fazer da sua vida em um minuto? Já pensou nisso? Eu estou pensando nisso agora.

42 comentários:

  1. Tanta coisa, tanta coisa pode acontecer em um minuto..

    Adorei a dica. É bom parar e pensar um pouco sobre como usar melhor o nosso tempo.

    Um abraço do urso!!!!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Se todo mundo prestasse um pouquinho de atenção, por um minuto que fosse, perceberíamos o quanto 1 minuto pode ser decisivo em nossas vidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como pode, viu? Um minuto de distração tb. ;)

      Excluir
  3. Em 1 minuto eu li seu texto lindo e me peguei pensando em tantas coisas, tantas possibilidades

    ResponderExcluir
  4. Eu não penso no minuto, eu penso no sem-teto, este pode ter sido o anjo da guarda de algum dois dois que estavam sentados no café, que naquele preciso momento precisava de alguma companhia, compreensão, atenção... hoje em dia as pessoas são tão solitárias, especialmente na Europa. Aqui (Portugal) há muitos idosos que morrem sozinhos e a polícia só encontra o corpo passados meses.

    ResponderExcluir
  5. Que graça! Hj de manhã, passeando com meu cachorrinho, pensei sobre isso.
    Há 3 anos eu entrei numa empresa e tive que trabalhar no meio do nada. Pensei em pedir demissão, mas aguentei. Pouco tempo depois uma pessoa de uma empresa maior (me viu trabalhando na empresa anterior) e me contratou.
    Voltei pra Fortaleza com um salário maravilhoso.
    Se tivesse desistido naquela hora n teria trabalhado na empresa seguinte.

    Acho q a vida é uma questão de 1 minuto aqui, outro minuto alí. São as nossas escolhas que mudam tudo e a gente JAMAIS vai saber o que poderia ter acontecido se a escolha tivesse sido diferente.
    Minha mãe SEMPRE diz depois que fazemos uma escolha não devemos olhar pra trás pq senão a gente pira. Os "e se" da vida não fazem muito bem.

    Ótimo post, Eve!

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí, vc falou algo certo: a vida é uma questao de 1 minuto aqui, outro minuto ali. Filosofamos, hein? ;)

      Excluir
  6. Fantastico isso, magia no ar.
    Ja nesse minuto eu li seu post e abandonei os amendoins que iam direto pras minhas gordurinhas, kkkkk
    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  7. Eve 1 minuto e gentileza por dia, que tal? Será que todos nós fazemos algo para ser gentil com quem está ao nosso redor? Olha que acho que eu não faço, vou pensar sobre isso.

    Ps. Responderei o e-mail asap :)

    beijos lindona

    ResponderExcluir
  8. Querida Eveeee!!!!
    Sera uma honra poder compartilhar as minhas medalhinhas com vc. Por favor, me fale qual (s) vc quer q em Julho eu mando pra vc ou consiga lhe entregar. Eu os deixei em Sampa < na minha caixa de artesanato > e ta vindo um amigo nosso morar no px mes aqui. Me avise, para que ele possa trazer. Combinadas?
    E saiba que vc nao é pidona...e simmmm mtoooo querida por mim!!!!
    Grande beijo.
    Aguardo

    ResponderExcluir
  9. Em um minuto se salva ou se perde uma vida!
    Ai Eve o que te passa nos domingos?
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que me passa nesses dias, né? hahaha
      Bj!

      Excluir
  10. Eve, fiquei emocionada, pensei em tanta coisa! Me fiz perguntas profundas. Sério. E pensei também que existem anjos disfarçados de tantas maneiras, e fico mais feliz ainda de você perceber toda essa movimentação e pensar em compartilhar com a gente. Vale começar a semana pensando e quem sabe mudar um pouco a maneira de pensar e agir.
    Bjo grande.
    Boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente anda cheia de perguntas profundas, né? Demos um minuto pra elas! Bjs!

      Excluir
  11. Olá Eve tudo bem???

    Nossa que bacana, tomara que eles tenham conversado bastante após a interferência do "pobre desconhecido"...


    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pensou o que pode ter rolado depois? Uepa!
      Bj!

      Excluir
    2. Já pensou o que aconteceu depois? Oba! ;)

      Excluir
  12. Em um minuto posso ler o post da Eve que sme duvida levou mais de um minuto pra ser escrito, e ter o reflexo desse texto por milhares de minutos mais...
    Em um minuto tb deixo meu comentario pra ela, com um grande abraco e os desejos de uma otima semana. bjs

    ResponderExcluir
  13. Um minuto pode mudar duas vidas, nesse caso. É bom quando o inusitado encontra espaço pra agir. Ainda mais aqui na Alemanha, com nossas vidinhas regradas e seguras.

    Adoro seu blog e já o adicionei no meu. Lista o meu do seu!
    Beijim de Frankfurt,
    Cla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Cla.
      Vou listar o seu assim que possível, viu?
      Bj!

      Excluir
  14. Seria bom que todos parassem de vez em quando por um minuto,.... so para ver quantas coisas se passam a nossa volta ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que nos assustaríamos com a quantidade de coisa que acontece. :)

      Excluir
  15. tem um monte de coisas lindas acontecendo o tempo todo à nossa volta, Eve. Que bom que você também está prestando atenção... :)
    bjk
    Mônica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E melhor ainda é nos concentrarmos só nas coisas lindas, né? :)
      Bjs!

      Excluir
  16. Sabe que agora eu fiquei pensando nisso tb.

    ResponderExcluir
  17. Nossa, que cena bonita e que pergunta filosófica! Rsrsrs!

    ResponderExcluir
  18. Será mesmo que foi a atitude do "sem-teto" que aproximou as duas pessoas? Ou a abertura delas para com ele que os fizeram se aproximar?
    Em um minuto eu nao consegui chegar a uma conclusao desse questionamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que as duas coisas. Sem a atitude do sem-teto, a oportunidade nao existiria. Ou sim? :)

      Excluir
  19. Esse texto já é um conto!
    Reza por mim!!!

    ResponderExcluir
  20. Eu nunca tinha pensado nisso! E agora não consigo parar de pensar quanta diferença um minuto pode fazer!!!

    ResponderExcluir

Após o término da ligação, continue na linha. A sua opinião é muito importante para nós! =P